Sentindo o Campo de Energia

Permanecendo parado e silencioso, feche seus olhos e exercite a segunda atenção. Concentre-se na respiração. A meditação ZEN nos coloca atento a nossa respiração, mantendo a nossa mente racional ocupada enquanto exploramos outros domínios conscientemente alertas.

Sacuda suas mãos vigorosamente por uns segundos e ponha-nas juntas na posição de prece. Lentamente mova suas mãos com as palmas para o lado de fora do corpo. Afaste-as gradualmente até que elas fiquem trinta centímetros da sua cintura. Mova as palmas de suas mãos de forma circular como se estivesse limpando uma janela perceba e sinta a membrana interior d seu Campo de Energia Luminosa. Veja se ela tem uma textura rugosa? Se for elástica, se cede a pressão ou é firme? Sente frio? Procure empurrar e veja até onde ele se expande? No meio urbano, o Campo de Energia Luminosa está estreitamente ao redor de nosso corpo, parece uma cápsula de sede, mas em poucos dias em contato com a natureza se expande até chegar a distância de um metro ao redor do nosso corpo (se alcança esticando os braços). Se tem algumas falha, como um buraco, esses lugares nos mostra onde nossa membrana luminosa é débil, por onde podemos perder energia ou por onde pode ser atingida por energias ou emoções pertencentes aos outros. Procure ver a cor de seu Corpo de Energia Luminosa.

Quando estiver pronto, retorne suas mãos a posição de prece e respire lentamente para balancear sua energia. Pratique este exercício até ter condições claras de sentir a textura hasta e perceber toda sua extensão.

Voltar
Creative Commons License xamanismo.com - Caminho Xamânico - Esta obra é licenciada por uma licença:
Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil.