Um Encontro da Tribo

 

Era uma vez, uma grande tribo de pessoas que moravam em um mundo muito distante do nosso. Se muito distante no espaço, no tempo, ou até mesmo além do espaço/tempo, nós não sabemos.

Eles viviam em um estado de encantamento e alegria que poucos de nós, hoje, ousamos acreditar que poderia existir, a não ser naquelas experiências de pico excepcionais, quando vislumbramos o verdadeiro potencial da vida e da mente.

Um dia o xamã dessa tribo convocou um encontro. As pessoas se reuniram em volta dele, e ele falou solenemente. “Meus amigos”, ele disse, “existe um mundo que precisa de nossa ajuda. Seu nome é Terra, e seu futuro está ameaçado. Seus humanos alcançaram um ponto crítico de seu processo de nascimento coletivo, e eles estarão natimortos sem a nossa ajuda. Quem gostaria de se voluntariar para uma missão nesse tempo e espaço, e oferecer serviço à humanidade?

“Nos conte mais dessa missão”, pediram.

“Estou feliz que você perguntou, porque não é uma missão pequena. Eu os colocarei em um transe profundo, tão completo que vocês se esquecerão de quem são. Vocês viverão uma vida humana, e no início vocês irão se esquecer completamente de suas origens. Vocês se esquecerão até de sua língua nativa e de seus verdadeiros nomes. Vocês serão separados da maravilha e beleza de nosso mundo, e do amor que envolve a todos nós. Vocês sentirão uma saudade profunda, no entanto, vocês não saberão exatamente do que estão sentindo falta. Vocês irão se lembrar do amor e beleza que conhecemos como normal por aqui, somente como um anseio no seu coração.”

“Sua memória tomará a forma de uma sabedoria intuitiva, enquanto mergulham na Terra dolorosamente marcada, de que um mundo mais bonito é possível.”

“À medida que crescerem naquele mundo, sua sabedoria receberá ataques constantes. Você será dito em milhões de maneiras que um mundo de destruição, violência, esgotamento, ansiedade e degradação é normal. Você pode passar por um período no qual estará completamente sozinho, sem nenhum aliado para assegurar a sua sabedoria de que há um mundo mais bonito. Você pode mergulhar em uma profundidade de desespero que nós, no nosso mundo de luz, não podemos imaginar. Mas independente de qualquer coisa, uma faísca dessa sabedoria nunca vai lhe abandonar. A memória de sua verdadeira origem estará codificada em seu DNA. Essa faísca estará adormecida em você, até um dia ser despertada.”

“Saiba, mesmo que você se sinta, por um período, absolutamente sozinho, você não estará sozinho. Eu lhe enviarei assistência, ajuda que você irá experimentar como miraculosa, experiências que você descreverá como transcendentes. Por alguns momentos, ou horas, ou dias, você se reacenderá para a beleza e alegria que são o seu destino. Você perceberá na Terra, mesmo que o planeta e seu povo estejam profundamente feridos, a beleza que ainda existe lá, projetada do passado e do futuro para o presente, como uma promessa do que é possível e um lembrete do que é real.”

“Vocês também receberão a ajuda uns dos outros. Assim que vocês iniciarem o despertar para sua missão, vocês conhecerão outros de sua tribo. Vocês os reconhecerão por seu propósito, valores e intuições comuns, e pela semelhança dos caminhos que vocês trilharam. À medida que a Terra alcance proporções de crise, os seus caminhos se cruzarão mais e mais. O tempo de solidão, o tempo de acharem que poderiam estar loucos, chegará ao fim.”

“Vocês encontrarão pessoas de sua tribo ao redor de toda a Terra, e se tornarão conscientes delas através das tecnologias de comunicação a longa distância daquele planeta. Mas a transformação real, o verdadeiro reconhecer, acontecerá em encontros cara a cara em lugares especiais na Terra. Quando muitos de vocês se reunirem, vocês se lançarão a um novo estágio de sua jornada, o qual, eu os asseguro, vai terminar onde começou. Então, a missão que se encontrava inconsciente dentro de você irá florescer à sua consciência.

A sua revolta intuitiva contra o mundo apresentado à você como normal se transformará em uma busca explícita para construir um mundo mais bonito.”

“Nos períodos de solidão, vocês estarão sempre procurando se reafirmar de que não estão loucos. Vocês farão isso dizendo para outras pessoas tudo que há de errado com o mundo, e vocês sentirão um verdadeiro sentimento de traição quando não lhe escutarem. Vocês estarão famintos por histórias de injustiça, atrocidade e destruição ecológica, tudo aquilo que confirma a legitimidade da intuição de que existe um mundo melhor. Mas depois de terem recebido completamente a ajuda que eu os enviarei, e despertarem juntos em seus encontros, vocês não mais precisarão fazer isso. Porque vocês saberão. Sua energia se moverá ativamente na direção da criação daquele mundo melhor.”

Uma mulher da tribo perguntou ao xamã, “Como você sabe que isso irá funcionar? Você tem certeza que seus poderes xamânicos são grandes o suficiente para nos enviar em uma jornada como essa?”

O xamã respondeu, “Eu sei que vai funcionar porque eu já fiz isso várias vezes antes. Muitos já foram enviados para a Terra, para viverem vidas humanas, e construírem a fundação para a missão que vocês vão iniciar agora. Eu estive praticando! A única diferença é que agora muitos de vocês irão viajar para lá de uma vez. A novidade do período que vocês vão viver lá, é que os Encontros estão começando a acontecer.”

Um homem da tribo perguntou, “Existe um perigo de nos perdermos naquele mundo, e de nunca acordarmos do transe? Há um perigo de que o desespero, o cinismo, a dor da separação seja tão grande que apagará a faísca de esperança, a lembrança de quem verdadeiramente somos e de nossa origem, e então nós ficaremos separados de nossos amores para sempre?”

O xamã respondeu, “Isso é impossível. Quanto mais profundamente você estiver perdido, mais poderosa será a ajuda que vamos lhe enviar. A experiência dessa ajuda pode te chegar como a experiência de um colapso do seu mundo pessoal, da perda de tudo o que é importante para você. Você vai reconhecer, posteriormente, o presente que recebeu nisso tudo. Nós nunca vamos lhe abandonar.”

Outro homem perguntou, “É possível que a nossa missão falhe, e que esse planeta Terra irá perecer?”

O xamã respondeu, “Eu vou responder a sua pergunta com um paradoxo. É impossível que a sua missão falhe. Entretanto, o seu sucesso depende de suas ações. O destino do mundo está em suas mãos. A chave para esse paradoxo se encontra dentro de você, no sentimento que você carrega de que as suas ações, mesmo as suas batalhas internas mais secretas, tem significância cósmica. Você saberá então, como sabe agora, que tudo que você faz importa. O Grande Espírito tudo vê.”

Não houveram mais perguntas. Os voluntários se reuniram em um círculo, e o xamã foi a cada um deles. Sua última lembrança é do xamã assoprando fumaça em suas faces. Eles entraram em um transe profundo e sonharam os seus caminhos para o mundo em que nos encontramos hoje.

Leitura extraída do capítulo 36 do Livro “The More Beautiful World Our Hearts Know Is Possible” – Charles Eisenstein.

Tradução: Jade Arantes

Voltar

Os comentários estão encerrados.

Creative Commons License xamanismo.com - Caminho Xamânico - Esta obra é licenciada por uma licença:
Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil.