Palavra

O saber sagrado das tradições nativas foram passado de geração em geração, através da tradição oral. Talvez seja por isso que esses povos respeitam tanto o dom da palavra ao reunirem-se em conselho em torno da grande fogueira para compartilhar seus ensinamentos e suas histórias.

No nosso modo de ver, a palavra é um dom que vem direto do Grande Espírito. Por meio dela, nos temos o dom de criar. É através da palavra que nos manifestamos tudo. Independente da língua que falamos, nosso intento se manifesta por intermédio da palavra. Tudo que sonhamos, sentimos e o que somos é manifestado mediante a palavra.

Ela não é simplesmente um som ou um símbolo escrito. A palavra é o poder que todos nós temos para comunicarmos, expressarmos e pensarmos, criando assim os eventos de nossa vida diária. A palavra é a mais poderosa de todas as ferramentas que nós possuímos. Através dela pode ser realizada a guerra ou selada a paz. Devemos ficar alerta para conhecer essa dualidade que existe no dom da palavra, dependendo de como ela é usada, ela pode nos libertar ou nos acorrentar. Não adianta termos esse conhecimento e não sabermos usa-lo com sabedoria. Devemos dizer apenas aquilo em que acreditamos, procurando usar este poder de nossa palavra na direção da verdade e do amor, como os grandes guerreiros dos povos-vermelhos sempre o fizeram.

Dã Nãho!

“Mistérios, mistérios do Caminho Sagrado que nos levam de volta a um mundo encantado, onde os sonhos fazem sentido, e os segredos se fazem expostos, onde a sabedoria de um povo antigo, ressurge límpida, lúcida e forte. Cá estamos, em meio ao despertar sagrado de cada dia do tempo eterno. Legal! Semana passada eu habitava o Pleno Vazio do Tempo Eterno.”

Guerreiro desconhecido (1999)

“A Terra é a Mãe de todos e todos os homens deveriam ter direitos iguais para se nutrir d’Ela. Esperar que um homem nascido em liberdade possa aceitar ser confinado ou proibido de ir aonde quiser é tão impossível quanto esperar que os rios corram ao contrário.”

Joseph (1830-1904) Chefe da tribo Nez Percé

“Eu sou o vento que viaja de uma direção para outra, carregando e distribuindo as sementes da vida. Feito a neve, as minhas sementes desaparecem na terra reaparecendo sob uma nova forma.

Eu sou o grito do recém nascido que sente a primeira dor da separação.

Eu sou o grito de toda a vida que alcança o mistério da verdadeira consciência.

Eu sou o eterno. Agora da criação, eu Sou o Espaço através do qual viaja o tempo. Através de mim você experimenta os dons da reflexão, esperança, sabedoria e assim você poderá conhecer a si mesmo.

Conhecer-se como Criador e criatura, menor que um grão de poeira e tão grande quanto o Deus que você louva.”

Chefe Archie Fire Lame Deer

“Vocês devem ter notado que tudo o que o índio faz movimenta-se em círculo ou tem forma de círculo.

O Poder do Mundo trabalha sempre de forma circular e tudo tende a ter a perfeição do círculo. O céu é redondo e a terra também, bem como as estrelas. O vento rodopia e os pássaros constroem seus ninhos de forma circular; as leis deles são semelhantes às nossas. Até mesmos as estações seguem uma grande roda nas suas mudanças, voltando sempre ao ponto de partida. A vida do homem é um círculo: de uma infância à outra. E assim é em tudo onde o poder se movimenta.”

Alce Negro (1863-1950) Xamã Oglala Sioux

“No começo de tudo a sabedoria e o conhecimento pertenciam aos animais, pois o Criador não falava diretamente com os homens. O Grande Espírito tinha enviado certos animais para dizer aos homens que Ele se manifestava na luz do Sol e da Lua, na água e na terra, nas plantas e nos animais. E através disso tudo, o homem devia aprender, pois tudo falava sobre o Criador”.

Eagle Chief (séc. 19) Chefe dos Pawnee

“A preparação para a cura requer um período especial de jejum, oração, renúncia, agradecimentos, sacrifício, exercícios devocionais. O propósito é vencer as paixões da carne e fortalecer o espírito. A abstinência e o rigor físico limpam o corpo e a concentração mental purifica a mente, alinhando assim a matéria e o espírito. Desta forma a mente individual pode entrar em contato com o poder de cura do Grande Espírito.”

Wooden Leg (séc. 19) Xamã Cheyenne

“Quanto mais esperto o homem se julga, mais precisa de proteção divina para defender-se de si mesmo.”

Provérbio Sêneca

“…tudo na terra tem um propósito, cada doença uma erva para curar , cada pessoa uma missão a cumprir. Esta é a concepção dos índios sobre a existência…”

Christine Quintasket (índia Salish) 1888-1936

“Os pensamentos são como flechas, uma vez lançadas alcançam o seu alvo. Seja cauteloso ou poderá um dia ser sua própria vítima.”

Provérbio Navajo

“Lembre-se que seus filhos não são sua propriedade, eles foram apenas confiados à sua guarda pelo Grande Espírito.”

Provérbio Mohawk

“Não julgue seu vizinho até andar duas luas nos mocassins dele.”

Provérbio Cheyenne

“Não basta falar sobre a paz, é preciso pensar, sentir, agir e viver em paz.”

Provérbio Shenandoah

“Que os meus inimigos sejam fortes e corajosos, para que ao ser vencido não me sinta envergonhado.”

Provérbio Cheyenne

“Você deve viver sua vida do início até o fim, pois ninguém mais pode fazer isto por você.”

Provérbio Hopi

Creative Commons License xamanismo.com - Caminho Xamânico - Esta obra é licenciada por uma licença:
Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil.