Técnicas de Cura

A Arte da Cura

Como eu mencionei anteriormente, a verdadeira cura é a arte de viver. Vou explicar a vocês algumas técnicas curativas simples que qualquer um pode usar em sua vida diária. Para realizar essas técnicas você não precisa ter nenhuma habilidade psíquica. Eu escolhi estas técnicas por causa da simplicidade delas e de suas utilidades. Quando incorporadas em sua vida diária, eles podem trazer equilíbrio, aliviar a tensão e podem lhe ajudar a criar sua própria realidade conscientemente.

Respirando o Ar Fresco

Uma das técnicas curativas mais simples que qualquer um pode usar, é a respiração consciente. Respirar é uma fonte de vida; sem isto, não sobreviveríamos. Quando nós respiramos conscientemente, nós sentimos o controle desta fonte de nossas próprias vidas, acalmando nossas emoções e nos fortalecendo interiormente. Para respirarmos conscientemente é importante aprender corretamente a respirar. Para respirar corretamente, você tem que inspirar lentamente pelo seu nariz e levá-lo profundamente até seu estômago. Encha seu estômago, então permita que o ar suba para seu pulmão enchendo-o de ar. Agora exale lentamente o ar de seu pulmão, e depois o do seu estômago.

Eu particularmente exalo pela minha boca. Alguns xamãs defendem a idéia que, ao inalar e exalar, você deveria realizar cada um deles com a mesma duração. Em todo caso, sua respiração deve ser lenta, rítmica e profunda. Esteja atento como o seu corpo responde; veja se sente-se melhor! Conscientemente concentre-se em sua respiração. Tudo aquilo que existe é sua respiração. Inale. Exale. Se imagens vêm, aos poucos deixe-as irem ao exalar. Relaxe e concentre-se completamente em sua respiração. Inale. Exale.

Se você deseja, você pode realizar uma visualização simples. Imagine que ao inalar, você está levando energia positiva para dentro de você, e que ao exalar, você está lançando energia negativa para fora. Pode ajudar, imaginando o ar como uma fumaça colorida entrando e partindo com cada respiração.

Com a prática diária, dentro de algum tempo você verdadeiramente estará respirando conscientemente. Essa técnica deverá ser realizada dez minutos por dia. Em pouco tempo, você sentirá muita paz, e se sentirá mais sóbrio e jovial.

Movimento e Bem-estar

Além de exercícios longos, como dançar o animal; movimentos de mãos rápidos e simples também são úteis. Exercícios longos são bons para aliviar a tensão e fortificar a confiança, enquanto exercícios pequenos são maravilhosos quando você precisa relaxar e não tem tempo. Eu sugiro que você pratique ambos.

Eu gosto de combinar a respiração consciente com o movimento simples. Um de minhas técnicas favoritas é levantar as minhas mãos como se elas quisessem voar. Quando eu inalo, eu viro as palmas de minhas mãos para cima, e lentamente elevo minhas mãos até a altura do peito. Ainda inalando, eu trago minhas mãos para o lugar em meu corpo que eu sinto tenso (normalmente até meu umbigo, plexo solar, ou coração). Quando eu paro de inalar, eu viro as palmas das minhas mãos para baixo, então exalo enquanto abaixo lentamente minhas mãos.

O exercício acima serve fundamentalmente para aliviar a tensão e traz o equilíbrio e a coragem que eu preciso. Também fortalece minha conexão com a Mãe Terra. Por poder ser realizado rapidamente, eu uso freqüentemente esta técnica, quando eu necessito entrar em ação imediata. Quanto mais realizarmos essa técnica, mais nosso corpo responderá a isto.

Porém, é importante não esquecer que devemos sempre realizar outros exercícios para nos sentirmos bem. Além de aliviar a tensão e equilibrar as emoções, essa técnica xamânica realizada juntamente com outros exercícios físicos nos mantêm fisicamente saudáveis. Está conexão entre mente e corpo, promove o bem-estar emocional, bem como o mental.

Em contato com a Natureza

Um dos melhores modos que eu sei de aprender a viver em equilíbrio, é realizar passeios na natureza. O ar fresco das árvores e outras plantas ajudam esvaziar seus pulmões. A luz do sol além de ajudar a reduzir a depressão, nos provê de Vitamina D. Devemos aproveitar esses benefícios da Mãe Terra e do Avô Sol, que tanto nos ajudam a relaxar.

Tudo isso, e muito mais vem da beleza da natureza. A natureza ajusta a tudo. As plantas provêem de oxigênio os animais, da mesma maneira que os animais provêem gás carbônico para as plantas. Plantas alimentam os animais, que eventualmente alimentam outros animais, em eterno ciclo da cadeia alimentar. Quando eu entro na natureza, sinto o círculo perfeito da vida que a natureza inspira em mim. Eu encontro o meu lugar no mundo. A natureza me ensina que há esperança, e me dá a coragem e a fé que eu preciso para continuar vivendo. Por isso foi que eu escolhi seguir o caminho do xamanismo.

Eu penso que qualquer um pode receber esta inspiração e este raio de esperança da natureza, e você não precisa ser um xamã tradicional para fazer isso. Se você pode aceitar a beleza da natureza, isso é o bastante. Eu não posso descrever as maravilhas e inspiração que eu recebi e continuo recebendo da natureza. Mas você pode experimentar isto, em sua própria vida.

Entrar em contato com a natureza ajuda elevar nossas esperanças e nos dá coragem para viver. Nos ensina como nós somos merecedores dessa dádiva, porque nós somos as crianças da Mãe Terra, independente de raça, religião, ou de cultura. A natureza nos ensina a sentir e viver nossa unidade com todas as coisas, e é esta unidade que nos ensina como entrar em equilíbrio e em paz com tudo. Se você pode manter sempre contato com a natureza, eu recomendo essa vivência.

Curando por toques: Retirando o medo

Não, estou me referindo às várias formas de toque de cura holística que são populares hoje em dia. Estou de me referindo a um simples toque. Em nossa sociedade, nós ficamos paranóicos sobre tocar o outro. Talvez nós tememos o toque, porque sofremos abuso, ou porque nós ouvimos falar de outros que foram abusados. Nós temos o temor de que outros nos machuquem? Ou nós não nos sentimos merecedor de ser tocado de um modo amável? Como um ser humano, eu sou um animal social. Eu sinto que nossa sociedade precisa se curar deste medo. Eu sinto que nós temos que aprender aceitar que nós podemos ser tocados, e tocar o outro, amando e sem necessariamente ter relação sexual. Eu vi como esta forma amorosa de toque verdadeiramente pode curar.

Certa ocasião em meu trabalho, eu encontrei uma mulher que estava sofrendo uma grande dor. Me senti triste por não poder fazer nada para ajudá-la. Mas eu segurei as mãos dela entre as minhas. E me lembro do sorriso que surgiu em seu rosto, os olhos dela estavam cheios de lágrimas. A mulher sentiu-se aliviada e feliz. Então, eu chorei. Palavras não podem explicar o que aconteceu naquele dia. Tudo que eu posso dizer, que daquele dia diante disso, eu descobri o poder de um simples toque.

Meu professor de Reiki poderia dizer que foi transferida uma energia curativa para a mulher, e eu concordaria. Chame de energia do Reiki se você gostar, mas você pôde dá mesma maneira chamar isto de, maná, prana, ch’i, entre outros nomes. Ou até mesmo de um simples toque. Tudo que eu sei que esta é um essência de nós como seres humanos, e de todas as coisas. Penso que esta é uma verdade escondida dentro de uma concha no mundo em que nossa sociedade criou. Gosto de dizer, que Energia é o que nós somos. Quando nós aprendemos dançar com uma energia, compartilhar isto com todos nossos irmãos da terra, isto é o que verdadeiramente nos faz o que nós verdadeiramente somos. Assim não tenha nenhum medo. Pergunte aos outros se eles precisam de um abraço. E não tenha medo de pedir um se você precisa. E até mesmo, além do toque, não tenha nenhum medo de sorrir e dizer oi para estranhos que encontra em seu caminho. Não tenha medo de ser quem você é.

A Árvore da Vida

A Árvore da Vida provavelmente foi uma das primeira meditações que eu aprendi; foi quando eu tive minha primeira conexão conscientemente com a natureza e o modo xamânico de vida. Eu comecei a crescer no meu caminho, assim que fiz esta meditação. Para mim, ela tornou-se uma fonte poderosa de energia e inspiração, e foi de grande ajuda em meu trabalho de cura interior. Também passou a ser considerado um exercício preliminar em muitos de meu trabalho xamânico.

A meditação da Árvore da Vida pode servir para muitos propósitos. Nos ajuda a relaxar em todos os níveis. Ajuda a nos centrar e conectarmos com a Mãe Terra e o Pai Céu. E nos ajuda a lembrar de nós mesmos. Eu apresento agora os fundamentos desta meditação, espero que seja de grande ajuda em sua jornada na terra.

Sente-se em uma posição confortável. Tome algumas respirações lentas e profundas. Respire pelo seu nariz e estômago. Quando seu estômago estiver cheio de ar, comece a encher os pulmões. Lentamente solte o ar de seu pulmões e estômago. Se você sentir falta de ar, então simplesmente encha de ar o estômago e não seus pulmões. Acima de tudo, uma respiração deveria ser confortável e relaxante para você.

Agora imagine um raio de luz saindo de seu coração e estendendo-o abaixo de você na terra. Permita sentir a energia que flui de sua espinha para o solo. Onde seus pés tornam-se raízes que aprofunda-se em baixo da terra. Sinta as raízes que estendem de seu corpo. Como se elas fossem parte de você; e sinta-as penetrando na terra.

Agora, direcione sua consciência para seu coração e imagine outro raio de luz saindo da sua cabeça indo em direção ao céu. Sinta que esse raio transforma-se em galhos com folhas verdes, subindo cada vez mais alto em direção ao ceú.

Puxe por seu galhos a energia do céu, e leve-a para a terra. Deixe-a fluir por suas raízes. Deixe-a fluir profundamente em seu coração, como para todas partes de seu corpo. Deixe dissolver toda sua dor, medo e frustração. Relaxe completamente. Procure alimentar-se dessa energia. Permita que esse raio que saiu de seu coração, transforme você completamente numa árvore. Sinta sua pele ficando rígida até tornar-se um tronco forte e vigoroso como uma árvore. Sinta a energia que flui dentro, abaixo e acima de você. Você tornou-se uma árvore viva. Sinta-se como uma árvore. Não imagine que a está vendo de longe. Tente ao invés disso, simplesmente ser a árvore. Você é uma árvore! Imagine como uma árvore sente ao puxar a água e outros nutrientes por suas raízes que estão ligadas a Mãe Terra. Sinta! Imagine como uma árvore se sente ao puxar o ar e umidade do Pai Céu. Sinta! Imagine como uma árvore sente seu alimento fluindo por seu tronco de cima a baixo. Sinta!

Você é o centro de energia, arraigado firmemente entre o céu e a terra. Você está em equilíbrio perfeito com você e com todas as coisas. Sinta a maravilha e a beleza desta conexão. Sinta a paciência infinita da árvore. Sinta a alegria de simplesmente estar vivo. Sinta o poder de ser um com todas as pessoas e coisas, de conhecer seu lugar neste mundo, de se conhecer verdadeiramente. Transforme-se!

Permita-se experimentar tudo isso, até que você sinta o desejo de despertar sua consciência. Pode sentir como um puxão em seu estômago, ou uma memória lânguida que tenta aflorar na sua mente. Sinta um esfera de energia encolhendo ao redor de você, até atingir o seu coração e, desaparecer. Sinta-se humano mais uma vez. Sinta sua respiração lenta e profunda. Permita sentir sua conexão para terra e céu pelas raízes e galhos da árvore da vida. Sempre que você estiver conectado com a Mãe Terra e o Pai Céu; você será a criança deles. Agradeça-os por se lembrar de ser filho deles, e dê graças por ter tido a coragem de se lembrar. Agora tome algumas respirações mais profundas e lentas.

Se você tem um trabalho xamânico para fazer, você pode começar deste ponto. Caso contrário, você pode abrir seus olhos lentamente e pode despertar sua consciência. Sinta a alegria de estar vivo, sentindo a maravilha e alegria de seu próprio corpo vivendo e movimentando-se.

Escute as Árvores

Escute. Você ouve isto? Você ouve vozes levadas pelo vento? Você ouve folhas sussurrando, os galhos rangendo, uma oração de vozes silenciosas? Elas estão ao redor de nós, e estão nos guiando para nossa cura, para nós mesmos e nosso mundo. Elas nos ensinam lições infinitas de paciência e de paz. Quem são elas? Elas são as árvores e outras plantas que compartilham nosso mundo, e que são ignoradas freqüentemente.

Na minha juventude, eu sempre levei muito tempo dentro de bosques solitários, simplesmente para achar minha paz e me conectar com o mundo. Eu não sabia nada de xamanismo, mas amei e amo os bosques. Eu sempre soube quanto alimento material e espiritual a natureza me deu, como também efetuou cura em minha vida. Sempre corri para a natureza como uma velha amiga, quando eu me sentia tão só. Com a natureza eu sempre soube, que eu nunca estava só. Quando criança, eu não entendia nada disso, mas aos poucos eu soube que era tudo verdade.

Como xamã, e olhando para trás a minha infância, eu agora entendo certas coisas. Como eu falei com a Mãe Terra, e como ela me nutriu. E quanto eu amei tudo como filho dela. Quando criança eu me sentia único com a natureza. Tudo que eu tenho agora são minhas recordações. Mas tais coisas desapareceram com a perda da inocência, como vim a entender recentemente. Lentamente, no xamanismo, esses sentimentos vêem a superfície, auxiliando-me a achar meu lugar neste mundo. Eu escuto às árvores, e elas me fazem lembrar quem eu sou verdadeiramente. As árvores sabem quem elas são, e elas estão aqui para nos fazer lembrar de nosso verdadeiro EU.

Quando eu decidi primeiro (porque era uma escolha) escutar às árvores, eu fui confrontado com muito ceticismo. Elas realmente estavam falando comigo? Simplesmente era com minha mente subconsciente que eu estava falando? Será que sou um louco? Mas agora eu percebo que tudo isso não importa, eu devo aprender com a minha experiência e vivência. Se o que eu aprendo, me faz uma pessoa melhor, por que eu deveria me aborrecer me questionando? Todo esse processo me leva a ver a beleza e as maravilhas da natureza, uma essência de pura poesia que nos faz lembrar da verdadeira humanidade. Como em minha infância, eu não tento entender (neste momento em nosso desenvolvimento, nós não temos qualquer tipo de respostas), eu pouco sei. Assim eu apresento a vocês um segredo esquecido de quando eu era uma criança, escutar às árvores.

Como você pode falar com as árvores? Primeiro, você tem que escolher. Esta talvez é a parte mais dura de tudo: ir além do ceticismo, manter uma mente aberta. Freqüentemente é muito mais fácil falar com os animais. Mas plantas? O que é tão estranho afinal de contas? Se você acredita em evolução ou crê nas tradições do xamanismo, e que todos nós somos irmãos, então as plantas são nossas irmãs.

Em segundo lugar, devemos aprender a respeitar as plantas. As plantas nos dão o oxigênio que necessitamos para a nossa respiração. Árvores nos provêem com madeira para casas e papel. Plantas provêem comida para nós e outros animais. Árvores provêem casas para numerosos tipos de animais. As Plantas ajudam a fertilizar a terra, todos os anos quando elas perdem suas folhas. Plantas nos provêem de medicamentos que nossa medicina usa no dia a dia. Há tantas coisa na nossa vida que nós podemos e devemos agradecer a planta.

Uma coisa útil é realizar o exercício da Árvore da Vida, descrito anteriormente. Essa prática será de grande ajuda para você aprender a conectar com o mundo das plantas. Quando sentir-se confortável com aquele exercício, você pode mudar para começar a verdadeira comunicação com plantas. Aqui está uma meditação para lhe ajudar a começar a falar com as árvores.

Dê um passeio pela natureza e procure uma árvore que você sinta uma conexão. Confie em sua intuição. Note o aparecimento da árvore: sua forma, seu tamanho e sua coloração. Examine a forma de suas folhas, e sinta-a como folhas. Sinta o seu cheiro. Use todas suas sensações para experimentar a árvore. Olhe agora o ambiente da árvore. Como a árvore interage com seu ambiente, com a paisagem, com outras plantas e animais?

Agora sente-se próximo a árvore, com suas costas apoiada na árvore. Permita-se um tempo para relaxar, respirando o ar fresco, tomando várias respirações profundas. Sinta a árvore atrás de você. É dura, áspera ou lisa? Esteja atento a todas suas sensações. Sinta a árvore levando nutrientes em seu tronco através de suas raízes, e levando gás carbônico de suas folhas pelos seus galhos e pelos seus troncos. Sinta os nutrientes que vão de cima para baixo pela árvore. Sinta uma energia que flui na sua espinha como uma espiral ao apoiar-se contra a árvore.

Comece agora o exercício da Árvore da Vida. Sinta que uma energia fluindo para cima e para baixo em sua espinha. Deixe essa energia crescer. Deixe ela envolver seu corpo. Agora deixe sua energia e a árvore se fundirem. Torne-se UM com a árvore. Simplesmente, sinta a conexão. Sinta que você gosta de ser UM com a árvore. Saiba que você é UM com a árvore.

Saiba que a árvore lhe dará as respostas que você precisa para faze-lo lembrar quem você é. Quando você sentir-se completamente confortável, poderá fazer as perguntas que você precisa perguntar. As vezes você nem terá a necessidade de falar com a árvore de seu coração. Em todo caso, saiba que você terá sempre as respostas que você busca, isso é possível porque as árvores dão as respostas livremente, e nunca pedem qualquer coisa em troca.

Depois de fazer todas suas perguntas, aproveite o momento de ser UM com a árvore. Simplesmente desfrute esta conexão que você compartilha. Aos poucos, separe-se da árvore. Leve algum tempo nesse processo de desconexão. Simplesmente devolva a energia da árvore e sinta ela devolvendo a sua. Note como sua energia mudou na sua conexão com a árvore. A árvore deu-lhe a energia que você precisava. Relaxe e desperte devagar, abrindo a sua consciência aos poucos. Então abra lentamente seus olhos.

Vire e abrace a árvore. (Isto é comum em muitas tradições xamânicas. Mostra que você honra a árvore. Também lhe permita devolver qualquer energia que você não precisa, para a árvore). Quando você sentir que é tempo de ir, agradeça a árvore por tudo que ela fez para você, dando-lhe respostas, provendo-o de energia e, de ar para que você respire. Se você deseja repetir esta meditação com esta árvore em particular, por favor dê pelo menos três dias de intervalo para que a árvore possa recarregar suas energias. Agora note como você está sentindo paz, equilíbrio e amor.

Creative Commons License xamanismo.com - Caminho Xamânico - Esta obra é licenciada por uma licença:
Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil.